Notícias >> Política
  •  

    Em 27/03/2020

     

    Um aviso para quem quer mudar de domicílio eleitoral para ser candidato este ano no Vale

     



                  Por Redação da Folha – O corregedor e vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, divulgou nota à imprensa nesta sexa-feira, 27, sobre o fim do prazo para quem quer mudar de domicílio eleitoral para ser candidato a algum cargo eletivo nas eleições deste ano.

                   Vejam a nota na íntegra:

               Para os cidadãos que desejam candidatar-se nas eleições de 04 de outubro, o prazo do domicílio eleitoral encerra-se no próximo dia 04 de abril (seis meses antes do pleito). Em razão da pandemia do novo coronavírus, o atendimento presencial nos cartórios eleitorais foi suspenso, mas para evitar o perecimento do direito, recomendamos àqueles que vão se candidatar este ano e ainda não são eleitores do município pelo qual desejam concorrer às eleições, que eles entrem em contato com sua Zona Eleitoral, por e-mail ou telefone (disponível no site do TRE-PB), para agendar o atendimento presencial, evitando aglomeração e o risco à saúde de todos. O TRE-PB agradece a compreensão geral face à excepcionalidade dos fatos. João Pessoa, 26 de março de 2020. Desembargador Joás de Brito Pereira Filho Corregedor Regional Eleitoral da Paraíba JOÁS DE BRITO PEREIRA FILHO VICE-PRESIDENTE DO TRIBUNAL REGIONAL ELEITORAL.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 29/02/2020

     

    Em Ibiara, oposição se fortalece e poderá vencer a disputa pela Prefeitura

     



                Por Redação da Folha – Embora hoje dividida entre duas pré-candidaturas, a oposição de Ibiara poderá fazer o próximo prefeito do município. Isso em função das perdas políticas do prefeito Nenivaldo Ramalho somadas ao longo dos últimos três anos.

                Depois de perder importantes aliados na Câmara Municipal, o prefeito, que é pré-candidato à reeleição, também perdeu o grupo político liderado por sua vice, Margarida Ramalho, que rompeu com o gestor e é um dos nomes da oposição ao pleito de outubro vindouro. Ela tem o apoio do ex-prefeito Pedro Feitoza.

                O outro pré-candidato da oposição é o vereador Branco Alves, que igualmente tem procurado se fortalecer para as disputas municipais, minando o grupo do prefeito. Hoje a oposição tem quatro dos noves vereadores da Câmara, e Nenivaldo poderá sofrer novas perdas no legislativo ao longo da pré-campanha, conforme fontes ligadas à oposição.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 22/02/2020

     

    Boa Ventura: depois de encontro das oposições, ex-prefeito mantém pré-candidatura

     



               Por Redação da Folha – Líderes das oposições de Boa Ventura reuniram-se na noite deste sábado, 22, à procura de um entendimento político: a ideia é unir todas as forças e partidos em torno de uma candidatura única a prefeito para enfrentar a candidata da situação nas urnas no pleito de outubro vindouro.

                Enquanto a candidata lançada pela prefeita da cidade nasceu de um critério meramente familiar, ou seja, ela é sobrinha da gestora municipal, a oposição busca fazer diferente e pelas vias democráticas: tenta construir uma chapa ouvindo todos os segmentos políticos da oposição e também escutando o povo, através de pesquisa eleitoral para consumo interno. A reunião desta noite foi a primeira de outras que serão realizadas visando um caminho consensual.

                Melhor colocado nas pesquisas eleitorais entre os nomes da oposição, o ex-prefeito Miguel Estanislau foi uma das lideranças que participou do encontro deste sábado e, segundo informações apurada pelas Folha, mantém firme sua pré-candidatura a prefeito.

              “O que Miguelzinho defendeu no encontro e vai continuar defendendo nas futuras reuniões é que as oposições respeitem a vontade do povo: hoje todos sabem que Miguel é o nome melhor avaliado pelo eleitorado, então se o povo quer ele, é preciso respeitar a vontade da população ou a gente corre um sério risco de sofrer mais uma derrota”, comentou um aliado do ex-prefeito.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 18/02/2020

     

    Uma das figuras mais conhecidas de Itaporanga vai disputar uma cadeira na Câmara

     



               Por Redação da Folha – O polivalente João Clementino Alvino, conhecido popularmente como Garcia, é uma das figuras mais conhecidas de Itaporanga e pretende usufruir de sua popularidade na luta por uma vaga na Câmara Municipal no pleito de outubro vindouro. Nesta terça-feira, 18, o comerciante (foto) filiou-se ao PSOL e pela legenda vai disputar a eleição.

                Garcia, que possui uma loja de venda de produtos e serviços na área de vidro, chaves e PVC, tem uma história de luta e defesa dos lojistas de Itaporanga e também tem um relevante serviço prestado à sociedade local ao longo das últimas décadas.

                Inventivo e capacitado, ele foi homenageado pela Assembleia Legislativa do Estado no começo dos anos 2000 por ter criado uma peça, espécie de ventosa, que reduz a conta de água ao evitar a passagem de ar pelo hidrômetro. Seu feito foi eternizado nos anais do parlamento estadual pela relevância social que representa.

                O PSOL de Itaporanga tem vários pré-candidatos à Câmara Municipal e trabalha para conquistar vagas no legislativo este ano. Garcia será um dos mais de 12 nomes que serão apresentados pelo partido à sociedade no momento legalmente oportuno.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 18/02/2020

     

    Ex-prefeitos confiantes em vitórias da oposição em Boa Ventura, Diamante e Itaporanga

     



               Por Redação da Folha – Eles são ex-prefeitos dos seus respectivos municípios e têm outras três coisas em comum: são da oposição, estão na cena política da sucessão municipal de outubro e confiantes em uma vitória oposicionista nas urnas. Quem são eles? Miguel Estanislau, Clarice Pereira e Audiberg Alves.

                Hoje principal líder da oposição em Boa Ventura, o ex-prefeito Miguelzinho, como popularmente é conhecido, está articulando-se para unir todos os segmentos das oposições e não tem dúvida de uma vitória: “Tenho andado nas ruas, nos sítios e conversado com o povo: hoje Boa Ventura clama por uma mudança e essa mudança virá pela vontade popular expressa nas urnas”, comentou.

                Pré-candidata à Prefeitura de Diamante, Clarice Pereira, que é a atual vice-prefeita, prepara-se se para a principal disputa eletiva de sua vida pública e conta com apoios importantes de deranças locas. “No pouco tempo que fiquei na Prefeitura, mostrei meu trabalho e o povo ficou satisfeito, e a gente sente que a aposição tem tudo para vencer a eleição de outubro”, comenta Clarice, que assumiu o comando administrativo do município em duas ocasiões devido ao afastamento da titular pela Justiça em face do cometimento de supostas irregularidades.

                Hoje na oposição, depois de integrar a base politiica do prefeito Dantas, a quem deu apoio nas urnas no pleito de 2016 e com quem rompeu politicamente há pouco tempo, o ex-prefeito Audiberg Alves é um dos principais articulares da posição em Itaporanga. Ele está crente em uma união de todos os quadros oposicionistas do município em torno de um único nome e confiante em uma vitória no pleito de outubro vindouro.

              A oposição de Itaporanga atualmente tem vários pré-candidatos a prefeito, mas pode surgir gente nova na cena política: há comentários dentro das próprias oposições do nome do professor Júnior Pereira, filho do agropecuarista de saudosa memória, Severino Pereira, para encabeçar a chapa, mas nada ainda oficializado por enquanto.

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 03/02/2020

     

    Em Itaporanga, pré-candidatos da oposição reúnem-se esta noite e caminham para consenso

     



               Por Redação da Folha – Oito pré-candidatos da oposição à Prefeitura de Itaporanga reuniram-se na noite desta segunda-feira, 3, na busca por um entendimento político: a ideia é que todos unam-se em torno de uma candidatura única para enfrentar o prefeito nas urnas nas eleições municipais.

                Este não é o primeiro encontro das oposições na tentativa de uma união com vistas ao pleito de outubro vindouro, e novamente o consenso entre eles foi de que uma pesquisa deve definir a chapa oposicionista: quem sair melhor posicionado na consulta eleitoral será o candidato.

                Hoje o bloco das oposições é integrado por vários partidos, entre os quais o Cidadania, partido ao qual o governador João Azevedo filiou-se recentemente, MDB, PSOL, PT e PTB, mas há lideranças oposicionistas ainda sem partido.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 23/01/2020

     

    Em Boa Ventura, oposição não se une e poderá novamente ser derrotada

     



              Por Redação da Folha - A prefeita de Boa Ventura, Leonice Lopes, ao que parece, ainda está procurando dentro da própria casa um candidato ou candidata para lançar à sucessão municipal de outubro vindouro. A gestora quer eleger alguém de sua confiança e manter-se influente no poder.

                A prefeita, que está em seu segundo mandato, pretende anunciar oficialmente, em pouco tempo, a sua candidata ou candidato a prefeito, e terá grande possiblidade de eleger o sucessor diante de uma oposição dividida.

                Até agora, as oposições locais não encontraram o caminho do diálogo e dividem-se entre duas pré-candidaturas: a do ex-prefeito Miguel Estanislau e a do juiz Paulo Sandro, que tem o apoio do ex-prefeito Dudu Pinto.

               Conformo o próprio Dudu, “nosso candidato é o Dr. Paulo Sandro”, sinalizando que não abrirá mão da cabeça de chapa, enquanto, pelo outro lado, o ex-prefeito Miguel também mostra disposição de seguir com seu projeto eletivo até as urnas e está contando com o apoio do ex-prefeito Fábio Arruda e poderá também ter o apoio do ex-prefeito Antônio Henrique.

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 05/01/2020

     

    Em Diamante, vereador congratula-se com a população e anuncia sua posição política para 2020

     



              Por Redação da Folha – O vereador Coronel Fonseca, do MDB, encaminhou nota à Folha em que se congratula com toda a população de Diamante, desejando a todo o povo diamantense um próspero 2020, com desejo de saúde, paz e felicidades para cada cidadão do município.

                O parlamentar mirim também aproveitou para levar ao conhecimento público sua posição política para o pleito municipal deste ano. Coronel Fonsenca vai disputar a reeleição, ou seja, defenderá, mais uma vez, sua cadeira na Câmara Municipal de Diamante. “Tenho muitas metas traçadas e caminhos a percorrer”, comentou o vereador, ao anunciar também que vai dar apoio e lutar pelo grupo político liderado pelo professor Hermes Filho, que é pré-candidato a prefeito pelo Podemos.

                O parlamentar mirim, que é um dos mais bem conceituados do legislativo de Diamante, também anunciou que vai deixar o MDB e filiar-se ao Podemos, mas isso somente em abril, quando a lei eleitoral assegura aos detentores de mantados eletivos o direito a transferência partidária.

           Sua decisão foi bem recebida pelo pré-candidato Hermes Filho e também pelo ex-prefeito Célio Alberto, outra importante liderança local, conforme o Coronel Fonseca.

     

     

     

     

     

     

     

               

               

     

  •  

    Em 03/01/2020

     

    Atual secretária de administração poderá disputar a Prefeitura de Pedra Branca

     



               Por Redação da Folha – Agente administrativa de carreira e atual secretária de administração do município, Corrinha Bastos, que é filiada ao PL, poderá disputar a Prefeitura de Pedra Branca no pleito de outubro vindouro com o apoio do grupo liderado pelo prefeito Allan Bastos.

                De acordo com o que se comenta na cidade, o prefeito já está reunindo seus aliados e segmentos da sociedade pedra-branquense para discutir a sucessão municipal e apresentar o nome de Corrinha como o preferido do grupo para as disputas municipais.

                Corrinha é tia do prefeito e uma mulher devotada à gestão municipal: são mais de 20 anos como agente administrativa concursada, dos quais 12 como secretária de administração. Se confirmada sua candidatura, será a primeira vez que ela disputará a Prefeitura e poderá ser a primeira mulher a ocupar o executivo municipal na história do município.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 13/12/2019

     

    Com oposição desunida, prefeita de Diamante já pensa em disputar a reeleição

     



              Por Redação da Folha – Embora toda a instabilidade político-administrativa no município de Diamante gerada pelo afastamento por duas vezes da prefeita Carmelita de Odoniel, determinado pela Justiça em função de supostas irregularidades nos gastos públicos, a prefeita, que reassumiu o cargo recentemente, poderá disputar o segundo mandato.

                Essa possibilidade foi sinalizada pelo esposo da prefeita, o médico e ex-prefeito Odoniel Mangueira. A gestora municipal e sua família estão acreditando que não haverá novo afastamento até o fim do mandato, mas seus adversários pensam o contrário: eles acham que os problemas não acabaram, porque os processos cíveis contra a prefeita por improbidade estão correndo e muita coisa ainda pode acontecer.

                No entanto, a grande questão é que os dois principais líderes da oposição, os irmãos Hermes e Hércules Mangueira estão rompido politicamente e deverão ficar em palanques diferentes, o que pode favorecer uma eventual candidatura da prefeita a um segundo mandato ou um outro nome apoiado pelo grupo que está no poder em Diamante.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 08/12/2019

     

    Eleições 2020: prefeito de Conceição responde se já tem candidato ao pleito

     



              Por Redação da Folha – Já caminhando para o último ano de seu derradeiro mandato, o prefeito de Conceição, Nilson Lacerda (PSDB), é sucinto ao ser perguntado se já tem candidato à sucessão municipal de 2020 e sobre quem será o nome escolhido para receber o seu apoio: “só falo de política a partir de janeiro”, resumiu o prefeito.

                Conforme Nilson, há delimitações de tempo e prioridades dentro de sua gestão, de modo que cada assunto tem seu tempo apropriado e o atual momento é de trabalho, ficando as discursões sobre o pleito para dentro do próprio ano eleitoral, que é 2020.

                Segundo ainda Nilson Lacerda, “a partir de janeiro, vamos conversar com o grupo, vamos ouvir cada companheiro, dialogar com os amigos para que a gente possa definir conjuntamente um candidato para as eleições”.

                Dos atuais cinco pré-candidatos a prefeito, quatro são ligados politicamente a Nilson (Samuel Lacerda, Jordana Diniz, Edvaldo Ramalho e Pedro Lacerda) e cada um deles almeja o apoio do prefeito à sucessão. No entanto, o desafio de Nilson é fazer uma escolha consensuada para não deixar arestas e manter o grupo unido, caso contrário poderá favorecer o principal líder da oposição, o ex-prefeito Alexandre Braga, que tenta há duas eleições retomar o poder e já se articula para a próxima.

     

     

     

     

     

     

     

     

               

  •  

    Em 06/12/2019

     

    Ex-prefeito de Coremas vai disputar a sucessão, mas está preocupado com as fake news

     



               Por Redação da Folha – O ex-prefeito de Coremas, Antônio Lopes, está determinado a disputar a Prefeitura no pleito municipal do próximo ano. Filiado ao PSDB, partido ao qual pretende permanecer filiado, o ex-prefeito já busca entendimentos com demais setores da oposição para viabilizar o seu projeto eletivo.

                Antônio Lopes, que é médico e uma das grandes lideranças políticas do município nos últimos 20 anos, está confiante em seu projeto político e tem arregimentado forças para recompor os eu grupo, depois de perder alguns aliados que terminaram cooptados e capturados pelo poder e hoje servem a atual prefeita, que deve disputar a reeleição.

                O ex-prefeito está preocupado com o abuso do poder político e econômico por parte da Prefeitura durante a campanha do próximo ano, porque, conforme sua assessoria, notícias falsas ou incompletas ou meias verdades já começam a ser difundidas com o intuito de prejudicar a sua imagem, com notícias difamatórias supostamente custeadas por terceiros a veículos de comunicação de internet e redes sociais.  “Eles não têm motivo para falar mal de Dr. Antônio e aí ficam inventando coisas, falando de processos que já estão arquivados há muito tempo por falta de provas, mas isso não engana o povo, que sabe diferenciar muito bem o jôio do trigo”, comentou a assessoria do ex-prefeito.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 26/11/2019

     

    Vice rompe com prefeito do Caiana e anuncia sua pré-candidatura à sucessão municipal

     



               Por Redação da Folha – O vice-prefeito de São José de Caiana, Manoel Moleque, que foi importante para a eleição do prefeito José Leite nas disputas municipais de 2016, rompeu politicamente com o atual gestor municipal, conforme o próprio Manoel em entrevista ao programa O Vale em Debate, que é levado ao ar diariamente, das 11h ao meio-dia, pela rádio Correio de Itaporanga.

                Segundo Manoel, apesar de sua importância para a eleição do prefeito e também para a gestão municipal nos anos iniciais, nos últimos meses, ele passou a ser pouco valorizado dentro do grupo e da gestão, motivando seu afastamento. Um outro fator que também insatisfez o vice, conforme ele próprio, foi a demonstração de Zé Leite de não querer cumprir o compromisso assumido de apoiá-lo à sucessão municipal. “Até o segundo ano de gestão, o prefeito dizia que iria governar apenas quatro anos e demonstrava que iria cumprir o compromisso assumido comigo, mas, ultimamente, vem falando que precisa de mais quatro anos para concluir umas obras”, comentou.

                  O vice-prefeito esclarece, no entanto, que não foi a quebra do acordo que o motivou a romper com o prefeito, mas o fato de não estar se sentido bem dentro do grupo pela mudança de conduta do prefeito em relação a ele. “Antes Zé Leite e eu éramos muito unidos, fazíamos tudo combinado, mas, de uns tempos desses pra cá, o prefeito mudou em relação a minha pessoa, parece que na tentativa de me afastar da gestão e por isso eu próprio resolvi me afastar”, comentou ele em contato com a Folha.

                Manoel está decidido a disputar a Prefeitura pelo mesmo partido que enfrentou o pleito de 2016: o PPS. “Tem gente comentando por aqui que eu estou atrás de dinheiro, mas eu quero avisar a essas pessoas que minha honra ninguém compra, porque se eu tivesse atrás de dinheiro não seria hoje o vice de Zé Leite”, comentou, ao dizer que, embora seja pré-candidato, está disposto a conversar com outras lideranças da oposição e realizar uma pesquisa para saber quem está melhor colocado na preferência popular e definir a chapa: "o primeiro na pesquisa é o candidato e o segundo fica com a vice, ou seja, o povo é quem vai escolher a chapa", disse.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 25/11/2019

     

    Em Itaporanga, pré-candidato recepciona presidente estadual do partido

     



               Por Redação da Folha – O pré-candidato à Prefeitura de Itaporanga, o comerciante Lula da Farmácia, e demais integrantes do PSOL local, recepcionaram o presidente estadual da legenda, Tárcio Teixeira, que veio à cidade debater assuntos de interesse partidário com vistas ao pleito do próximo ano e também questões relacionadas ao enfrentamento do partido aos problemas nacionais advindos das ações do governo contra os pobres e trabalhadores.

                O presidente estadual reuniu-se na sede municipal do partido e o debate prolongou-se por algumas horas e, em seguida, Tárcio participou de um almoço na casa do pré-candidato a prefeito, onde novas discussões foram levantadas com vistas à sucessão municipal de 2020.

                O Partido Socialismo e Liberdade terá candidato tanto a prefeito quanto à Câmara Municipal em Itaporanga, com perspectiva de fazer ao menos uma vaga no legislativo municipal de Itaporanga.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 09/11/2019

     

    Partido Solidariedade faz evento em Itaporanga com presença de seu presidente estadual

     



               Por Redação da Folha – Com a presença do presidente estadual da legenda, o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, e do presidente municipal, o itaporanguense Expedito Leite, o Solidariedade promoveu um encontro entre seus membros e convidados na noite dessa sexta-feira, 8, no recinto da Câmara Municipal de Itaporanga.

                Conforme os dois principais líderes do partido, a legenda pretende lançar candidatos a vereador no pleito do próximo ano em Itaporanga e também buscar uma participação na chapa majoritária da oposição. O vereador João é um dos membros da legenda, mas há possibilidade da filiação de novos parlamentares mirins ao partido, a exemplo de Márcio Rodão, que falou dessa possibilidade durante discurso no evento.

                No correr do dia, Manoel Júnior, que está reestruturando a legenda por todo o estado, deu entrevistas a rádios locais e participou junto com sua comitiva de um almoço na casa do pré-candidato a prefeito pelo PSOL, Lula da Farmácia. Alguns membros do Solidariedade, entre os quis o vereador João, já anunciaram apoio ao projeto eletivo de Lula.

                No entanto, outros pré-candidatos a prefeito de outras legendas também comparecem ao almoço e ao evento à noite: Ricardo Pinto, dirigente municipal do MDM, Neném de Adailton, também filiado ao partido, o ex-prefeito Audiberg Alves, que integra o PSB, e Herculano Pereira, do PTB.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

Aguarde um momento... Está carregando!
Desculpe, não foi encontrado nenhum resultado.

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados