Em 08/09/2018

 

Um na cadeia e o outro no hospital

 



           Editorial – O título até parece manchete de fatos policiais tão corriqueiros por este país afora, mas, na verdade, estamos falando do atual cenário político brasileiro, onde os dois candidatos à Presidência mais pontuados nas pesquisas estão figurando em páginas lamentáveis: Lula na cadeia; Bolsonaro no hospital. São os dois que polarizam as intenções de voto e tambem as brigas apaixonadas nas redes sociais e nas ruas, mas esse não é o caminho do Brasil.

            Hoje a principal ameaça à nossa democracia, ou seja, à vida do próprio país, é uma coisa chamada paixão política, sentimento que leva à intolerância e à bestialização social. A paixão tem dois lados insanos: o ódio e o apego irracional.

            Como a paixão cega, a pessoa vê apenas o lado positivo do seu candidato e somente o lado ruim do seu adversário: tudo do meu é bom; tudo dos outros não presta. As pessoas bringam e se intrigam por políticos sem medir o risco de uma decepção depois. Estão cegas, incapazes de ver corrupção ou enxergar despreparo ou ver um e não ver o outro, conforme as conveniências passionais.

             Transformam a política em uma religião e passam a endeusar o seu candidato e endemoniar o concorrente.  Essa alienação política de um lado e do outro é nociva, é uma doença: corrói as relações pessoais e ameaça a saúde institucional da própria nação.

               Paixão é o contrário de razão e não há civilidade sem equilíbrio e sem raciocínio. Mas o alienado político é tão cego que não consegue enxergar que sofre do problema: é o sintoma do autocentrismo, que é pior do que o egoísmo.

                Ainda bem que, além da prisão e do hospital, há boas opções para a Presidência nesta eleição: gente limpa e preparada, mas não santa, até porque não precisamos de santo nem de demônio na cadeira principal da República.

 

 

 

 


 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados