Em 10/02/2019

 

Prefeito fala sobre corte de terras em Pedra Branca: “ninguém paga nem há limites de horas”

 



             Por Redação da Folha – Apesar de ter uma das menores receitas financeiras da região, a Prefeitura de Pedra Banca, através de sua secretaria de Agricultura, foi a primeira regional a iniciar a aragem de terras agrícolas em benefício de centenas de pequenos e médios produtores rurais do município.

            Conforme o prefeito Allan Bastos, o corte de terras foi iniciado no começo de dezembro e não tem data para ser encerrado. “O trator não para, não há limites de horas, corta de acordo com a necessidade de cada agricultor, ninguém paga nada, tudo é por conta da Prefeitura”, comentou o prefeito.

            Segundo ainda Allan, o costume no município é a aragem agrícola ser iniciada entre novembro e dezembro e seguir até março. “Todo mundo é beneficiado, todos os agricultores que procuram é feito uma programação e todos são beneficiados”, disse o gestor municipal.

            De acordo com o secretário municipal de Agricultura, Paulo Félix, a área agrícola contemplada pelo corte chega a 365 hectares, beneficiando quase três centenas e meia de trabalhadores rurais. As culturas agrícolas são diversas no município, mas há terras de arroz, um dos maiores destaques; milho; feijão e batatas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados