Em 08/02/2020

 

Oficialmente sem secretário há meses, pasta da agricultura de Piancó é alvo de polêmica

 



           Por Redação da Folha – Na Câmara, no rádio e na rua, a mais recente das muitas polêmicas da atual gestão municipal de Piancó diz respeito à questão da agricultura e o foco da nova celeuma é o corte de terras para o plantio agrícola deste ano. Além de moroso e atrasado, a Prefeitura estaria exigindo dos agricultores o abastecimento das máquinas para terem acesso à aragem.

            A denúncia é da oposição com base em áudios de WhasApp vazados de gente ligada à própria gestão municipal e em conversa com os próprios trabalhadores rurais. No entanto, entre 2017 e 2019, a Secretaria de Desenvolvimento Rural, que cuida a agricultura, registrou despesas milionárias: foram empenhados pela compra de serviços e produtos nesse período cerca de 3 milhões de reais, mas pagos apenas 2 milhões, ou seja, há uma alta inadimplência dessa secretaria.

            Em três anos, de 2017, 2018 e 2019, a pasta da agricultura teve três secretários, o último deles, Francisco Batista dos Santos, ficou até junho do ano passado. O estranho e também polêmico é que de julho a dezembro do ano passado, oficialmente, não consta secretário de Desenvolvimento Rural no município de Piancó, ou seja, a pasta ficou, formalmente, sem comando nesse período, segundo o Tribunal de Contas do Estado.

           Com relação ao exercício administrativo deste ano, não há informação se alguém foi nomeado pelo prefeito do município para secretariar a pasta da agricultura. Imagem: dados do TCE mostram que Piancó não teve secretário de Desenvolvimento Rural entre julho e dezembro de 2019.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados