Em 09/02/2019

 

Entre reviravoltas e desencontros, um caso criminal que terminou elucidado em Itaporanga

 



           Por Redação da Folha – Responsável pelo inquérito que investiga o assalto à loja Yes! Comestic, que é correspondente da Caixa Econômica em Itaporanga, o delegado Glêberson Fernandes e sua equipe conseguiram elucidar o crime, que ocorreu no final da manhã do dia 21 de janeiro passado.

            Dois criminosos, armados e de capacetes, levaram 8 mil reais do correspondente bancário e dois celulares também foram roubados, um deles tomado de um genro da proprietária da loja, a comerciante Maria José Martins.  Foi através do GPS de um dos aparelhos telefônicos que agentes de investigação da delegacia de Itaporanga conseguiram rastrear o paradeiro dos criminosos. Depois de passagem por Igaracy, o localizador via satélite indicava a presença do celular em Aguiar.

            Avisados da localização dos suspeitos em uma casa no sítio Tigre, que fica nas proximidades da cidade aguiarense, policiais militares foram até o local e detiveram dois jovens. Com um deles, inclusive, apreenderam quase 4 mil reais, capacetes, uma moto e a bainha de um revólver, mas as armas utilizadas no assalto e os celulares levados não foram encontrados. No relatório da PM sobre o caso consta que um desses presos confessou informalmente a prática do delito. Levada para a delegacia de Piancó, a dupla terminou liberada, porque, no entendimento do delegado piancoense, não havia indícios suficientes para a lavratura do flagrante, mas o dinheiro e motocicleta permaneceram apreendidos.

            No comando das investigações, o delegado de Itaporanga, Glêberson Fernandes, e sua equipe continuaram e aprofundaram as investigações e, já no dia seguinte, efetuaram a prisão de um adulto e a apreensão de um adolescente de 17 anos em Aguiar, acusados de envolvimento no delito. Mesmo antes dessa ação, o delegado Glêberson já estava convencido de que os dois jovens liberados na delegacia de Piancó eram, de fato, os executores do assalto, mas não teve jeito: eles já tinham fugido. Saíram da delegacia e tomaram rumo ignorado. Horas depois, quando veio a ordem de prisão preventiva contra a dupla autorizada pela Justiça a pedido do delegado de Itaporanga, os acusados já estavam longe.

            Para o delegado, o que gerou toda a problemática do caso foi o fato de os detidos terem sido encaminhados para Piancó e lá liberados, quando a delegacia responsável pelo caso era Itaporanga, local do delito e onde a investigação estava ocorrendo. Glêberson conta que estava na delegacia quando recebeu a informação de que os dois tinham sido presos e aguardou para fazer a lavratura do flagrante, mas eles não foram trazidos para Itaporanga. Foram encaminhados diretamente para a delegacia de Piancó e, horas depois, liberados e imediatamente fugiram.

             Os dois fugitivos residem em Igaracy. Um deles cumpria pena no regime semiaberto na cadeia de Itaporanga por roubo e é suspeito de envolvimento na morte de um jovem de 14 anos durante um assalto em um sítio de São José de Caiana, no final do ano passado.

            Glêberson Fernandes esclareceu que o homem que está preso, Bruno Renan Quaresma, morador de Aguiar, foi quem teria emprestado a motocicleta para a prática do assalto a Yes!. Ele está recolhido à cadeia Itaporanga. A moto foi aprendida e os capacetes também, inclusive reconhecidos por uma das pessoas que estavam na loja no momento do roubo. O envolvimento do adolescente no delito, segundo Glêberson, é que ele teria sido incluído no rateio do dinheiro roubado e ficado com parte dessa quantia, embora negue qualquer envolvimento no crime. Ele está internado em um centro socioeducativo na cidade de Sousa.

            O dinheiro apreendido foi entregue à proprietária da loja e mais uma evidência do envolvimento do quarteto no delito surgiu: a informação, repassada antecipadamente pela proprietária à polícia de que boa parte da quantia roubada era composta por notas de 20 reais, foi confirmada quando da contagem do dinheiro.

 

 

             Texto jornalístico exclusivo da Folha. Proibida a reprodução total ou parcial. Se você vê este texto em outro site ou blog denuncie (jfolhadovale@gmail.com). É preciso respeitar o direito autoral.

 

 

 

 


 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados