Em 30/04/2021

 

Em Itaporanga, Prefeitura libera show em bares, mas esquece escola pública mais uma vez

 



           Por Redação da Folha – Os sucessivos decretos sanitários da Prefeitura de Itaporanga têm permitido o funcionamento de quase tudo, inclusive até apresentações musicais para o público em bares e restaurantes, conforme documento oficial publicado nesta sexta-feira, 30. Ao que parece, as únicas atividades ainda fechadas são as escolas públicas, ou seja, as escolas dos filhos dos trabalhadores.

          Pelo novo decreto, o 024/2021, publicado, como já dito, nesta sexta, em seu Artigo 1º, “Ficam autorizadas, até 02 de maio de 2021 (período de vigência do Decreto nº 021/2021), as apresentações musicais (música ao vivo), com a presença de até 03 (três) músicos no palco, em bares, restaurantes e similares, que possuam espaço próprio para as apresentações musicais, observadas as regras sanitárias”.

         Para liberar as apresentações musicais, que estavam proibidas desde o começo da pandemia, a Prefeitura afirma que há uma diminuição acentuada da taxa de contaminação diária da Covid-19. Esse mesmo argumento, o município poderia usar para a retomada, mesmo de forma híbrida, de aulas presenciais nas escolas da rede municipal, mas, novamente, o município não sinaliza para a questão escolar, deixando centenas de crianças e adolescentes sem educação e enfrentando graves problemas nutricionais pela falta regular de distribuição de alimento.

         Desde o final do ano letivo passado, as escolas da rede particular estão funcionando com aulas presenciais, enquanto os meninos da escola pública estão nas ruas, onde o índice de contaminação é bem maior do que se tivessem dentro das escolas com os devidos cuidados sanitários.

 

 

 

 


 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados