Em 02/07/2020

 

Em Itaporanga, comerciantes e presidente da Câmara contrariados com a Prefeitura por compras fora

 



           Por Redação da Folha – Alguns comerciantes do setor de alimentos de Itaporanga estão contrariados com a Prefeitura local por ter comprado mais de 110 mil reais em produtos alimentícios e sanitários no comércio de fora, quando, conforme eles, essa compra poderia ter sido realizada no mercado itaporanguense, um meio, inclusive, do poder público municipal contribuir com a economia do município no momento de dificuldades em função da pandemia do coronavírus.

            A aquisição dos alimentos pela Prefeitura de Itaporanga, através da Ação Social, ocorreu no comércio de Piancó no mês passado para distribuição gratuita a pessoas carentes. Ainda conforme alguns comerciantes, a alegação da Prefeitura é que os produtos no mercado piancoense ficaram 18% mais baratos, mas isso não procede, conforme a pesquisa de preço realizada pelo município e a qual alguns comerciantes tiveram acesso. “Pelo menos em relação ao meu comércio, a diferença foi de apenas três reais em relação a Piancó, valor que poderia retirado se houve interesse da Prefeitura de comprar aqui”, comentou um dos empresários locais do setor de alimentos.

            O presidente da Câmara, Neném de Adailton, também lamentou que a compra tenha sido feita no mercado de fora. Grande parte do recurso destinado à aquisição dos produtos veio do legislativo municipal, que destinou 50 mil reais da Câmara para os cofres da Prefeitura para compra de máscaras e alimentos. “É        importante que o dinheiro de Itaporanga circule no próprio município, porque isso vai fortalecer a economia da cidade e tudo que for possível fazer para que o poder público prestigie o comércio local tem que ser feito”, comentou Neném.  

           

 

 

           

 

 

 

 


 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados