Em 09/08/2018

 

Adiada novamente audiência sobre concurso de Diamante. Caso se arrasta na Justiça há quase 2 anos

 



            Por Redação da Folha – Estava agendada pera essa quarta-feira, 8, a primeira audiência no processo judicial que apura supostas irregularidades no concurso público da Prefeitura de Diamante, mas, novamente, a audiência não foi realizada. O adiamento teria sido motivado por falta de tempo do juiz que está no processo. Uma nova data foi marcada para o próximo dia 22.

            O caso se arrasta na Justiça de Itaporanga há quase dois anos. O concurso foi realizado no último trimestre de 2016 para preencher cargos da administração municipal. Mais de uma centena de pessoas foram aprovadas, a maior parte das quais de fora de Diamante, mas uma liminar suspendeu o certamente e, apesar de tanto tempo passado, o mérito do caso ainda está longe de ser julgado.

            A decisão da Justiça de interromper o concurso atendeu a pedidos de alguns candidatos que alegaram irregularidades no concurso, embora, conforme boa parte dos aprovados, não existam provas das acusações formuladas. “A gente sabe bem que essas denúncias contra o concurso foram feitas por motivação política, pois a atual administração não tem interesse no concurso por ter sido feito na gestação passada e, enquanto a gente está prejudicada, dezenas de pessoas ocupam a Prefeitura de Diamante sem concurso, ou seja, por apadrinhamento político, mas o que a gente quer é que a Justiça resolva logo isso, porque pagamos taxa, estudamos, passamos e até agora nada”, argumentou um dos aprovados.

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados