Em 05/02/2020

 

Em Piancó, desempregado diz por que matou a própria mãe com faca de cortar pão

 



           Por Redação da Folha – Em depoimento ao delegado Rodrigo Pinheiro, que investiga o caso, o desempregado Evandro Felipe Evangelista, de 37 anos, que é solteiro e morava com os pais, tentou justificar o brutal assassinato da própria mãe, a idosa Geralda Evangelista dos Santos, de 62, golpeada mortalmente por ele com uma faca de cortar pão.

            O caso ocorreu pouco depois do meio-dia desta quarta-feira, 5, no interior da residência da família, que fica na Rua Luiz Rufino Ferreira, bairro Ouro Branco, em Piancó. Em seu depoimento, Paulo Felipe disse que, durante um desentendimento doméstico, sua mãe o chamou de vagabundo pelo fato dele não estar trabalhando, o que o teria deixado enfurecido.

            Descontrolado emocionalmente, o homem armou-se com uma faca de mesa e feriu a própria mãe no tórax duas vezes. O SAMU chegou a ser acionada e tentou ressuscitar a vítima, mas não houve jeito.

            Depois de golpear a mãe, Paulo permaneceu dentro da residência e foi preso por policiais militares. Conduzido à delegacia, o autor do crime foi autuado em flagrante pelo delegado Rodrigo Pinheiro por homicídio e recolhido à cadeia pública.

           Conforme o delegado, embora aparente sofrer de algum transtorno mental, o homem mostrou-se ter plena consciência do que fez.  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


 

 

 
Informes & Opinião

Folha do Vale - www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados