Notícias >> Política
  •  

    Em 19/07/2017

     

    Consórcio de Saúde faz nova eleição e prefeito de Itaporanga assume presidência

     



                    Por Redação da Folha – Quase três meses depois do prefeito de Piancó, Daniel Galdino, renunciar à presidência do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Piancó, pouco tempo após assumi-lo, os prefeitos regionais consorciados reuniram-se nesta quarta-feira, 19, na sede da Amvap (Associação dos Municípios do Vale do Piancó), em Itaporanga, e realizaram uma nova eleição para a entidade.

                    Daniel alegou inviabilidade administrativa do consórcio para renunciar, havendo necessidade de uma nova eleição, porque o seu vice, o prefeito de Serra Grande, Jairo  Halley, também não quis assumir a entidade definitivamente. Na reunião desta quarta, que contou com a presença de 14 prefeitos, depois de vários debates, foi formada e eleita chapa única: o prefeito de Itaporanga, Divaldo Dantas, ficou como presidente, e Daniel Galdino na vice.

                     A informação é que o consórcio terá uma sede administrativa em Itaporanga, mas os serviços de saúde continuarão funcionando em Piancó, onde está localizada sua estrutura física e equipamentos. Atualmente, está em vigor um convênio do consórcio com a Funasa (Fundação Nacional de Saúde) no valor de quase 26 milhões de reais para melhoria habitacional na zona rural dos municípios, mas a execução da obra é motivo de investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal devido a irregularidades por parte da construtora e da antiga gestão da entidade.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 18/07/2017

     

    Metade dos eleitores de Coremas já se recadastrou, mas ainda falta muita gente, alerta cartório

     



                   Por Redação da Folha – O cartório eleitoral de Coremas voltou a alertar os eleitores locais para cumprirem o prazo de recadastramento biométrico e comparecerem o quanto antes, evitando o transtorno das grandes filas de última hora. Os eleitores devem se dirigir ao cartório, que fica localizado no bairro do Pombalzinho, para fazer o procedimento.

                    De acordo com Wesley Brito, chefe do cartório da 52ª Zona Eleitoral, até o momento, dos 12.407 eleitores de Coremas, aproximadamente 6.300 votantes já compareceram para fazer a revisão biométrica, totalizando um pouco mais de 50% do eleitorado, mas ainda há muita gente para se recadastrar.

                     Wesley disse que todos os eleitores devem fazer o recadastramento biométrico, caso contrário, terão o título eleitoral cancelado. Com essa situação, ele fica impossibilitado de exercer o seu direito ao voto, além de repercutir diretamente na situação do CPF, pois sem a quitação eleitoral o eleitor com menos de 70 anos fica impedido de receber benefícios sociais do Governo, como Bolsa-Família, Seguro-Defeso e realizar empréstimos em bancos públicos.

                      Os documentos necessários para o cadastro biométrico são título eleitoral, documento oficial com foto, CPF, além de comprovante de residência atualizado. O prazo final vai até o dia 19 de dezembro e, segundo informações do TSE, não haverá prorrogação deste prazo.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

  •  

    Em 17/07/2017

     

    Em Itaporanga, enquete para presidente em 2018 avalia 7 nomes. Vejam resultado

     



              Por Redação da Folha – O programa Jornal da Boa Nova realizou nesta segunda-feira, 17, uma enquete estimulada para discutir a sucessão presidencial no próximo ano e apresentou sete nomes de possíveis candidatos, perguntando ao seu público ouvinte quem seria, entre eles, o mais preparado para uma candidatura a presidente em 2018.

                Durante o horário da enquete, 54 pessoas de diversos setores urbanos e rurais de Itaporanga foram ouvidas por telefone e mensagem de voz. O resultado foi o seguinte: Lula da Silva (PT): 42 votos favoráveis; Jair Bolsonaro (PSC) obteve 5; Marina Silva (Rede) ficou com 3; e Chico Alencar (PSOL) tirou 1. Alckmin (PSDB), Cristóvão Buarque (PPS) e Ciro Gomes (PDT) não obtiveram nenhuma opinião favorável. Nenhum deles: 3.

                Na semana passada, o mesmo programa também realizou uma enquete para governador, cujo resultado foi Cássio Cunha Lima (PSDB) em primeiro no número de opiniões favoráveis, seguido por José Maranhão (PMDB), João Azevedo (PSB) e Tarcio Teixeira (PSOL).

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 13/07/2017

     

    Investigação eleitoral: juiz muda data de audiência em caso de Itaporanga e Diamante

     



               Por Redação da Folha – A audiência para oitiva de testemunhas na ação eleitoral contra o prefeito e vice de Itaporanga, que estava programada para o dia 25 de julho, foi remarcada para o dia 4 de agosto, uma sexta-feira.

                Em despacho, o juiz eleitoral Antônio Eugênio justificou a mudança de data: “Tendo em vista a convocação desse magistrado para reunião do comitê orçamentário na cidade de Patos, no mesmo dia da audiência aprazada, conforme ato da Presidência de nº 67, publicada no DJE de 06/07/2017, pág 05. Reaprazo audiência de instrução para 04 de agosto de 2017 às 08:30, na sala de audiências da 2ª Vara do Fórum da comarca de Itaporanga”.

                Por outro motivo, o magistrado também mudou a data da audiência na ação investigativa eleitoral contra a prefeita e vice de Diamante. A oitiva de testemunhas, que estava prevista para 24 de julho, foi adiada para o dia 25 de agosto.

                Em despacho, Antônio Eugênio também justificou a mudança de data: “Tendo em vista a convocação desse magistrado para reunião com o Presidente do Tribunal de Justiça com relação à Meta 04/2017 CNJ, relativa aos crimes de Improbidade Administrativa, no mesmo dia da audiência aprazada, sendo este magistrado integrante do grupo conforme Portaria Nº 703/2017, publicada no DJE de 16/03/2017, diante do exposto: reaprazo audiência de instrução para 25 de agosto de 2017 às 08:30, na sala de audiências da 2ª Vara do Fórum da comarca de Itaporanga”.

     

     

     

     

     

     

            

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 12/07/2017

     

    Enquete para eleição de governador em 2018 movimenta Itaporanga. Vejam resultado

     



                   Por Redação da Folha – Uma enquete realizada nesta quarta-feira, 12, pelo Jornal da Boa Nova, programa da rádio Boa Nova FM, de Itaporanga, fez uma consulta estimulada, apresentando ao público cinco nomes de possíveis candidatos à sucessão estadual do próximo ano e perguntando quem seria, na opinião do ouvinte, o mais preparado para disputar a eleição em 2018.

                    Foram ouvidas 60 pessoas de diversos setores da cidade e também de áreas rurais por telefone e mensagem de voz. O resultado foi o seguinte: em primeiro lugar, Cássio Cunha Lima (PSDB) com 32 opiniões favoráveis; em segundo José Maranhão (PMDB) com 13; depois João Azevedo (PSB), com 6; em seguida Tárcio Teixeira (PSOL) com 5; e Luciano Cartaxo (PSD), que não recebeu nenhuma manifestação de apoio. Quatro pessoas escolheram a opção “Nenhum deles”.

                    Durante o horário do programa, especialmente no momento da enquete, a cidade foi bastante movimentada pelo rádio, com muitas participações e uma grande audiência: milhares de pessoas acompanharam a consulta popular.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 10/07/2017

     

    Deve sair nos próximos dias data da 1ª audiência em ação eleitoral contra prefeito de Piancó

     



                 Por Redação da Folha – O prefeito de Piancó, Daniel Galdino, responde a duas Ações de Investigação Judiciária Eleitoral (AIJE), promovidas pelos partidos da aliança que deu sustentação à candidatura do ex-prefeito Sales Lima nas eleições do ano passado  e que perdeu o pleito exatamente para o atual gestor.

                    As ações pedem a cassação do mandato do prefeito e do seu vice, Antônio Dantas, pela prática de condutas ilegais durante a campanha eleitoral. Conforme o cartório eleitoral da 32º Zona, com sede em Piancó, nenhuma audiência de instrução foi realiza ainda.

                    No entanto, conforme ainda o cartório, é provável que nos próximos dias a primeira audiência para a oitiva de testemunhas em um dos dois processos seja marcada pelo juiz eleitoral Diego Garcia.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 06/07/2017

     

    Justiça define dia para audiência em ação eleitoral que investiga prefeita e vice de Diamante

     



               Por Redação da Folha – O juiz eleitoral Antônio Eugênio definiu a data para a realização da primeira audiência na Ação Investigativa Judiciária Eleitoral (AIJE), que pede a cassação da chapa eleita no pleito de 2016 em Diamante por suposto abuso do poder econômico durante a campanha. A ação foi proposta pela PMDB, cujo candidato a prefeito perdeu a disputa.

                Em seu despacho, o magistrado determinou para o próximo dia 24 a audiência “com a finalidade de ouvir as testemunhas arroladas na petição inicial e nas contestações, que comparecerão independentemente de intimação”. Eugênio também determinou a intimação dos investigados no processo eleitoral.

                No mês de maio último, o juiz já havia rejeitado pedido da defesa para excluir dos autos gravações em vídeos, cinco ao todo, tidas como provas da acusação, por considerá-las em desacordo com a legislação, mas, como a maioria das gravações aparenta apresentar defeito técnico, impossibilitando a visualização, admite-se que essas supostas provas contra prefeita e vice podem se fragilizar.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 06/07/2017

     

    Pré-candidato a estadual do Vale já tem apoio de prefeitos e de dezenas de lideranças regionais

     



                   Por Redação da Folha – O projeto político do médico Taciano Carnaúba, do partido Avante, que pretende disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado no próximo ano, tem conquistado apoios importantes no Vale, que, finalmente, poderá ter a representação de um deputado estadual nato a partir de 2019.

                    Residindo e trabalhando em Itaporanga, Taciano já tem a promessa de apoio de prefeitos de várias cidades regionais, a exemplo de Pedra Branca, Emas, Itaporanga, Santana de Mangueira e Manaíra, além de dezenas de outras lideranças, entre as quais ex-prefeitos, vereadores e ex-vereadores em todos os municípios regionais e fora do Vale.

                    As informações são de que o Vale e a região de Princesa Isabel, que igualmente não tem representante na Assembleia Legislativa, devem garantir uma expressiva base eleitoral para o pré-candidato, que também deverá ser votado em outras regiões do estado, a exemplo de Patos, Campina e João Pessoa.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 03/07/2017

     

    Em Itaporanga, juiz define data para 1ª audiência na ação eleitoral contra prefeito

     



                  Por Redação da Folha – O juiz eleitoral Antônio Eugênio Leite Ferreira Neto determinou para o próximo dia 25, uma terça-feira, a primeira audiência de instrução na Ação de Investigação Judiciária Eleitoral (Aije) que pede a cassação da chapa vitoriosa nas eleições de 2016 em Itaporanga por suposto abuso do poder econômico.

                    É o primeiro despacho do juiz na ação depois que ela retornou de João Pessoa, pois estava suspensa desde fevereiro passado por determinação liminar e monocrática do Tribunal Regional Eleitoral, a pedido da defesa dos investigados (prefeito e vice), mas o pleno do TRE, por maioria de votos, determinou o prosseguimento do processo por considerar que ele não contém nenhuma ilegalidade.

                    Na audiência marcada para o dia 25, conforme decisão do juiz proferida no último dia 27 e publicada nesta segunda-feira, 3, o magistrado vai ouvir testemunhas das partes envolvidas na Aije para a instrução do processo, necessária para ele embasar sua convicção e expressar seu veredicto, que pode ser pela cassação ou absolvição da chapa.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 30/06/2017

     

    Depois de absolver ex-prefeito em ação eleitoral, juiz de Coremas agora vai julgar atual prefeita

     



                 Por Redação da Folha – O juiz eleitoral de Coremas, Emanuel Sousa, absolveu o ex-prefeito do município, Antônio Lopes, que era acusado de abuso do poder político e econômico nas eleições do ano passado, quando concorreu à reeleição, mas não foi exitoso. A sentença foi publicada nessa quinta-feira, 29.

                 A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), movida pela prefeita Chaguinha de Edilson contra Antônio Lopes, apurava a distribuição de alimentos a pessoas pobres em abril de 2016 pelo então prefeito, mas o juiz concluiu que Lopes não cometeu nenhum crime eleitoral, uma vez que apenas cumpriu lei já existente, havendo também previsão orçamentaria para a assistência nutricional.

                O ex-prefeito se livrou desta ação, mas ainda enfrenta outra que está em fase de instrução, igualmente movida pela atual prefeita, mas Chaguinha de Edilson também está sendo processada eleitoralmente.  

                 A prefeita coremense responde a duas ações investigatórias por suposto abuso do poder politico e econômica durante as eleições de 2016 em que foi vitoriosa nas urnas, uma das quais poderá ser julgada nos próximos dois meses ou até antes em razão do seu adiantamento, ou seja, a instrução processual já foi concluida e as alegações finais também.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 27/06/2017

     

    Professor de Itaporanga disputará Assembleia pelo PPS e recebe incentivo do presidente do partido

     



                  Por Redação da Folha – O professor Ivo Filho está decidido a disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado pelo PPS (Partido Popular Socialista) no pleito de 2018, e sua filiação à legenda deverá ocorrer em setembro próximo, quando ocorrerá um encontro do partido com militantes, lideranças e eleitores dos municípios do Vale para a renovação dos diretórios municipais e a discussão sobre propostas e projetos para a região.

                    Pré-candidato a deputado estadual, Ivo Filho deverá presidir o partido em Itaporanga e ajudar na formação das comissões dirigentes em todo o Vale. O objetivo é o fortalecimento do PPS na região com vistas às eleições do próximo ano, quando o partido pretende conquistar assentos na Assembleia.

                    No estado, o PPS é presidido pelo jornalista Nonato Bandeira, atual chefe de Gabinete do governador Ricardo Coutinho. Entusiasmado com a possibilidade de crescimento do partido no Vale com a filiação e militância de Ivo Filho, o presidente estadual disse que o professor tem totais condições de representar o Vale e o estado na Assembleia.

                    Ivo é natural de Itaporanga, onde reside sua família, mas há muito tempo está radicado em João Pessoa, onde leciona e é bastante conhecido. Apesar da distância, constantemente está na cidade, onde também desfruta de considerável popularidade. Foto: Ivo ao lado do presidente estadual do partido.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 26/06/2017

     

    TCE determina bloqueio de contas da Prefeitura de Olho D’água após denúncia de vereador

     



                   Por Redação da Folha – O Tribunal de Contas do Estado (TCE) determinou, ao Banco do Brasil, o bloqueio das contas bancárias da Prefeitura de Olho D’água, que fica impossibilitada de realizar movimentação de recursos através de cheques ou qualquer outro meio hábil à retirada de dinheiro.

                    A determinação do TCE, assinada pelo seu presidente, André Carlo Torres Pontes, no último dia 21, vai perdurar até a solução da irregularidade. O problema é que a Prefeitura não encaminhou à Câmara Municipal os balancetes de prestação de contas referentes ao primeiro quadrimestre do ano, ou seja, de janeiro a abril.

                    A providência tomada pela corte de contas veio depois que o vereador de oposição, Wesley Carvalho, denunciou a irregularidade, motivando a determinação do bloqueio.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 21/06/2017

     

    TCE reprova contas de ex-presidente de Câmara regional por diversas irregularidades

     



               Por Isaías Teixeira/Folha do Vale - Em sessão realizada nesta quarta-feira, 21, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) reprovou a prestação contábil apresentada pelo ex-presidente da Câmara Municipal de Catingueira, Lindeilton Leite Pereira, referente ao exercício financeiro de 2015. Mas cabe recurso da decisão, que, se confirmada, poderá deixá-lo inelegível.  

               Motivaram a reprovação das contas do ex-presidente o recolhimento insuficiente de contribuições previdenciárias e despesas orçamentárias acima do limite constitucional, além de outras supostas irregularidades que não foram divulgadas pelo órgão de controle externo.

               Na legislatura passada, Lindeilton Leite administrou o legislativo catingueirense no biênio 2015/2016 e, apesar do prestígio à frente da Casa, conseguiu reeleger-se pelo PC do B com a menor votação entre os nove eleitos e do lado da oposição.

                Atualmente, a Câmara de Vereadores de Catingueira é presidida pelo vereador Sueldo Campos, do PMDB, que, assim como Lindeilton Leite, dá sustentação ao governo do prefeito Odir Borges, do mesmo partido.  

                 Com relação às contas do ano passado apresentadas por Lindeilton, elas ainda vão ser julgadas pelo TCE em data a ser agendada. 

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 20/06/2017

     

    Confirmada para este 22 mais uma audiência na ação eleitoral que investiga prefeita de Coremas

     



                   Por Redação da Folha – O juiz eleitoral de Coremas, Emanuel Sousa, determinou para a próxima quinta-feira, 22, mais uma audiência para oitiva de testemunhas na Ação de Investigação Judiciária Eleitoral (Aije) contra a prefeita coremense Chaguinha de Edilson por suposto abuso do poder econômico e político nas eleições municipais do ano passado.

                    A audiência desta quinta-feira é complementar e o objetivo é ouvir testemunhas que não prestaram depoimentos na primeira oitiva realizada para a instrução processual. A Aije pede a cassação da prefeita e do seu vice e também investiga a conduta do esposo da gestora, que é defendida por seis advogados, entre os quais Johnson Abrantes.

                    A ação foi protocolada no final de novembro do ano passado e é de autoria do ex-prefeito Antônio Lopes, que perdeu o pleito municipal. A expectativa é que, depois da próxima audiência, o juiz julgue a Aije, mas não há data prevista para o veredicto.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

  •  

    Em 19/06/2017

     

    Até agora sem nome de peso à sucessão, aliados de Coutinho temem o pior no próximo ano

     



                   Por Redação da Folha – Hoje os dois principais pré-candidatos à sucessão estadual no pleito do próximo ano são da oposição: Romero Rodrigues (PSDB), prefeito de Campina Grande, e Luciano Cartaxo (PSD), gestor de João Pessoa, que têm buscado a cada dia, nos bastidores, fortalecimento político.

                    Enquanto isso, o PSB, partido do governador Coutinho, não tem um nome de peso para disputar a sucessão no próximo ano e isso preocupa os aliados do governo no Vale e no Sertão. O medo de perder seus cargos e privilégios a partir de 2019 preocupa, tanto que o governador poderá tirar gente do PMDB para fortificar seu partido.

                    Dois nomes são especulados para sair do PMDB e migrar para a legenda do governador com a possibilidade de disputar a sucessão estadual com o apoio do Palácio da Redenção: um dos mais cotados é o ex-prefeito campinense, Veneziano Vital. O senador Raimundo Lira é outro que pode migrar para o PSB. “O governador tem que começar a agir politicamente se não faz como João Pessoa, vai perder feio e isso pode ser o fim do grupo e do projeto”, comentou um ricardista regional.

     

     

     

     

     

     

     

     

     

    -

Aguarde um momento... Está carregando!
Desculpe, não foi encontrado nenhum resultado.
Informes & Opinião

Folha do Vale www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados