Em 19/05/2017

 

PF autua envolvidos em plantio de canabis em Diamante, dois deles são do Pernambuco

 



            Por Redação da Folha – Três homens presos na manhã dessa quinta-feira, 18, supostamente envolvidos em um plantio de canabis, popularmente conhecida como maconha, no sítio Poções, município de Diamante, foram autuados em flagrante pela delegacia da Polícia Federal em Patos, para onde foram levados após a operação, deflagrada por três forças policiais: PM, PF e PC.

             A Folha tentou, mas não conseguiu falar com o delegado da PF que lavrou o flagrante, mas o delegado seccional de Itaporanga, Gláuber Fontes, que coordenou a participação da Polícia Civil na operação, confirmou a autuação dos três presos, que foram recolhidos ao presídio regional de Patos. São eles Severino Ilário da Silva, de 45 anos, que é natural da cidade pernambucana de Carnaubeira da Penha; e Advanilson da Conceição, de 33 anos, que é de Salgueiro, também no PE. Os dois viviam arranchados dentro do mato. O 3º autuado, conforme o delegado, é Antônio Zuza, de 65 anos, que é proprietário de parte da área onde estava localizada a plantação.

                O plantio foi destruído pela polícia, mas a expectativa era para colheita de três toneladas de maconha pronta para o consumo.  A descoberta da lavoura ilegal foi realizada pelo Núcleo de Inteligência do 13º Batalhão de Itaporanga, comandado pelo major Elder. Policiais militares e agentes da Polícia Federal chegaram inicialmente ao plantio e montaram um cerco à área, possibilitando o sucesso da operação.

                Os três pesos serão apresentados em audiência de custódia na próxima semana no  fórum de Itaporanga e poderão ter ou não a prisão preventiva decretada pela Justiça local.

Informes & Opinião

Folha do Vale www.folhadovali.com.br
Av. Padre Lourenço, nº 392 - Itaporanga - Paraíba
©2010 - Todos os direitos reservados